Categoria: Sem categoria

Preservar o que não encaixa nas articulações sentido e gozo

Jacques-Alain Miller, em seu texto proposto para nosso Colóquio, promove um encontro de Lacan com Freud, localizando no grafo do desejo as elaborações com as quais se pode pensar um Lacan freudiano e um Freud lacaniano. É no grafo do desejo que Lacan articula sentido e gozo pela incidência da fantasia na formação do sintoma. […]

Read More

JORNADA DE ENCERRAMENTO DA TURMA 2011

Realizada no dia 09/08/2014 a jornada contou com três mesas, da seguinte forma: Primeira mesa: Apresentação de dois trabalhos elaborados a partir de duas histórias clínicas, abordando o percurso da sexualidade feminina e os diferentes arranjos desta em sua relação com o supereu. Na primeira história clínica suspeitava-se de uma neurose obsessiva feminina que, posteriormente, […]

Read More

QUESTÕES SOBRE O EIXO TEMÁTICO SINTOMA/SINTHOMA

A priori, o significante incide na carne como letra de gozo, como acontecimento de corpo. Isso é da ordem de um trauma, já que fora do sentido, não havendo um endereçamento ao Outro da linguagem, que é construído no a posteriori. O que se constitui, de início, é o inconsciente real ou a face real […]

Read More

Alguns recortes sobre a leitura realizada.

Uma placa giratória: uma orientação para situar o sentido e o gozo I. Qual é a relação entre Sintoma e fantasia? Para encaminhar essa questão utilizaremos como orientação a placa giratória apresentada por J A Miller1 que enlaça dois elementos: sentido e gozo através de diferentes operações extraídas do ensino de J. Lacan. Em primeiro […]

Read More

Breve comentário sobre o texto “Seminário sobre os caminhos da formação dos sintomas”, de Jacques-­‐Alain Miller.

Logo no início do texto, Miller nos adverte: “para estar bem orientado em um tema analítico   é   preciso   também   desorientar-­‐se,   quer   dizer,   não   pensar   no   tema   de   forma demasiadamente  familiar.  O  “perder-­‐se  um  pouco”  tem  todo  seu  valor”.  Inspirada  por  esta frase, exponho minhas questões acerca da articulação entre os  conceitos  de  sintoma  e  Sinthoma. […]

Read More

“O ‘perder-se um pouco’ tem todo o seu valor”

“O ‘perder-se um pouco’ tem todo o seu valor” – J.A.Miller (pg1). Abrir com essa frase fala um pouco do momento da turma. Houve um perder-se nos conceitos de um Freud que supúnhamos conhecer, na tentativa de relê-lo com Lacan. O desafio que nos foi colocado, seguindo a proposta de Miller em seu “Seminário sobre […]

Read More
X