SOBRE O CONSELHO DELIBERATIVO

DELIBERATIVO

O que temos aprendido com as entrevistas?

A cada ano uma nova surpresa, mesmo quando constatamos o que vem se verificando em anos recentes. Verificamos, cada vez mais, uma heterogeneidade de modos de aproximação ao ICP, em especial, pela via da seleção ao Curso Fundamental do ICP. Os efeitos das análises que incidem no desejo de se candidatar ao ICP são recolhidos em muitos casos. A transferência endereçada a um professor da graduação que é membro da EBP ou participa da EBP/ICP tem sido deslocada para transferência de trabalho com o ICP para alguns alunos. Para outros a transferência de trabalho com colegas que já estão cursando o ICP tem sido um novo vetor de aproximação.

Há algo que não podemos deixar de sublinhar: seja lá por qual via emerja, a transferência com a psicanálise está presente em cada relato recolhido. Já a aproximação com a orientação lacaniana surge de modo mais sutil. A participação prévia em cursos ou núcleos do ICP, seminários da EBP, participação em Jornadas da EBP-RJ, tem estado presente em algumas falas. O que temos recolhido das entrevistas convoca mais do que nunca à responsabilidade e compromisso com a formação do analista. Essa responsabilidade se coloca já no acolhimento dessas modalidades de aproximação dos diferentes candidatos à orientação lacaniana. A reunião do Conselho do ICP tornou-se uma oportunidade de cada um dos conselheiros expressar seu compromisso com a esse acolhimento assim como a relevância da apresentação do ICP para cada candidato situando-o em relação ao Campo Freudiano e à EBP/AMP. A entrevista não se resume ao “sim” ou “não” ao Curso Fundamental. Trata-se de uma apresentação das possibilidades de aproximação ao ensino de Freud e Lacan oferecidas pelo Instituto. Temos em nossas mãos, o desafio de manter cada um que nos procura conectado ao ICP e EBP-RJ. No horizonte do ICP, a Escola. Daí, a importância de lembrar um dizer de Lacan: “A ação está no começo porque não pode haver começo sem ato”. Uma nova ação está em movimento. Fica aqui registrada a aposta!

Glória Maron
pelo Conselho do ICP-RJ
Conselho
  • Andrea Villanova (secretária)
  • Angela Negreiros
  • Cristina Frederico
  • Elisa Monteiro
  • Glória Maron
  • José Marcos Moura
  • Maria Antunes
  • Tatiane Grova
X