Leia mais Slide COMPRAR

Sobre o massacre de Jacarezinho

A Diretoria da Escola Brasileira de Psicanálise – Escola do Campo Freudiano vem se unir às manifestações de muitos brasileiros, chocados com a recente chacina na favela carioca do Jacarezinho, que vitimou vinte e oito cidadãos. A imprensa tem chamado a nossa atenção para um dado inquietante: foi o pior massacre policial da história do Rio de Janeiro.
Isso não quer dizer um limite. A qualquer momento, poderá ocorrer um massacre ainda maior do que o de agora. Como em uma guerra, o número de vítimas não pode ser calculado de antemão, pois depende em parte de fatores contingentes. E de decisões políticas que não serão necessariamente conhecidas pelo grande público.
A palavra foi dita: “guerra”. O alegado combate à criminalidade tem sido conduzido no Rio de Janeiro como se conduz uma guerra, cujo objetivo não é o de restabelecer a ordem, mas o de provocar o maior número de vítimas possível do lado dos que foram feitos inimigos.
Para corrigir essa orientação, terão que mudar radicalmente as relações entre as polícias e as instâncias da Justiça, e isto vai exigir dos governos uma capacidade de decisão inédita. Estamos longe, portanto, da solução. Mas um primeiro passo tem que ser dado.
Romildo do Rêgo Barros
Diretor Geral da EBP

Atividades

Links

Canal ICP-RJ

Boletins

Clique para ler o Boletim Letrear de Ago de 2021

Agenda

Agenda do 2º semestre de 2021

Publicações

Segregação em tempos de guerra: psicanálise na cidade

Cristina Duba e  Tatiane Grova (Orgs.)
Subversos, 2018 (Andamento do ICP)

Ao pé da letra

Leitura e escritura na clínica psicanalítica
Ana Lucia L. Holck e Tatiane Grova (Orgs.) Subversos, 2014 (Andamento)

Ódio, Segregação e Gozo

Vários (Instituto de Clínica Psicanalítica do Rio de Janeiro).
Rio de Janeiro: Subversos, 2012. 224 p. (Andamento)
X